domingo, setembro 17, 2006

Ontem Ruanda, hoje Darfur

Esta semama aluguei "Hotel Ruanda" (Hotel Rwanda, 2004, Terry George), uma história real. É um belo filme com Don Cheadle, que faz o gerente Paul Rusesabagina, Sophie Okonedo, sua mulher Tatiana, e Nick Nolte, o coronel da ONU, Oliver. O tema é o genocídio ocorrido em Ruanda em 1994. Porque não tinha nada além de chá e café, Ruanda foi ignorada pela ONU devido ao veto dos Estados Unidos. Os americanos já tinham se dado mal em 1993 na Somália, quando tiveram 18 soldados mortos, além de 79 feridos. Hoje a história de genocídio e abandono se repete em Darfur, no Sudão. Aliás, antes de ontem o ator George Clooney e o ganhador do Nobel da Paz Elie Wiesel chamaram novamente a atenção da imprensa ao solicitar que o Conselho de Segurança da ONU faça alguma coisa para deter as atrocidades que estão sendo cometidas na região. E hoje, conforme a Folha e a BBC, eventos em 30 países pedem o fim dessa crise.

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...