sexta-feira, dezembro 24, 2010

Adeus, timoneiro

Quércia morreu na madrugada de hoje.  Dessa vez é verdade.  Digo isso porque em setembro uma parte do PiG (partido da imprensa/mídia golpista), Folha, UOL e Globo noticiaram a morte dele em mais uma das “reporcagens” e “barrigadas” comuns em nossa mídia oligopólica.  Até hoje, noticiando sua morte, a mídia demotucana destaca os escândalos atribuídos ao ex-governador.  Os jornais e revistas de São Paulo sempre fizeram a cabeça de nossa burguesia, sendo condescendentes com os tucanos e difamando os políticos que ousaram descer do muro.  Particularmente, acho que o Quércia, apesar de seu fisiologismo, fez mais pelo estado em quatro anos do que o PSDB em dezesseis.  Infelizmente, Quércia optou pela aproximação com o DEM e o PSDB nas últimas eleições.   Achei risível sua campanha ao senado ao lado de Aloysio Nunes, à esquerda, embora vira-casaca, e Geraldo Alckmin, o moço da Opus Dei, à direita.  Sua aproximação com a direita resultou que o Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR-8), que o apelidou de “o grande timoneiro”, saiu do PMDB para disputar as eleições por outros partidos enquanto tenta legalizar o Partido Pátria Livre.   De qualquer forma, apesar de seu fisiologismo e consequente opção pela direita, destaco sua luta pela redemocratização do país ao lado das forças progressistas.  Daí meu respeito e meus sinceros pêsames à sua família.

domingo, dezembro 19, 2010

Dia de Faxina

Ontem resolvi fazer faxina nos computadores de casa, desktop e notebook.  Quem tem micro muito usado sabe que o desempenho acaba se tornando frustrante.  Os radicais logo perdem a cabeça e formatam o disco toda hora.  Conheço gente que não consegue passar um mês sem apelar para a formatação.  Isso eu só faço em último caso mesmo, e faz anos que não cometo esse extremo.  Prefiro as práticas e os programas de diagnóstico, reparo e otimização.  Em seguida relaciono algumas empresas e desenvolvedores com produtos que valem a pena.
Da Microsoft sugiro o Fix It, o Windows Memory Diagnostic e o BootVis.
Da Piriform, recomendo muito o CCleaner, além do Defraggler.
Da Iobit, destaco o Advanced SystemCare Free, o Smart Defrag e o Game Booster.
Da Glarysoft, o destaque é o Glary Utilities.
Da Iolo, o destaque fica para o System Mechanic, sem dúvida.
Da PCTools, citaria o Spyware Doctor e o Registry Mechanic.
Da Auslogics, valem a pena o Disk Defrag, o Registry Defrag e o Registry Cleaner.
Para otimização do registro também há o Free Registry Cleaner da AMLSoft, o Registry Cleaner da Argente, e o famoso RegCleaner da TweakNow.
Destaco também os produtos das seguintes empresas pequenas e desenvolvedores:  Rizone,  Michael Zacharias, e o brasileiro Marcos Velasco; além de AutoPatcher, CodeStuff e YourWare Solutions.

domingo, dezembro 12, 2010

A General

Esse título se refere à locomotiva que divide com Annabelle Lee (Marion Mack) o coração do maquinista Johnny Gray, interpretado por Buster Keaton.  Keaton também escreveu o roteiro e dirigiu esse filme americano de 1926.  Johnny tenta se alistar pelos confederados na Guerra Civil, mas é rejeitado por ter uma profissão muito qualificada.  Annabelle pensa que ele é um covarde e, por acaso, é sequestrada junto com “a general” por espiões da União.  Então, Johnny resolve resgatar seus dois amores.  O resultado é um clássico filme de guerra com muita ação e pitadas de suspense, romance e comédia.  Considerando a era do cinema mudo, dá até para achar Keaton melhor do que Chaplin, mas há controvérsias.  O fato é que fiquei fã e quero assistir também:
One Week (1920)
The Scarecrow (1920)
The Play House (1921)
Our Hospitality (1923)
Sherlock Jr (1924)
The Navigator (1924)
Seven Chances (1925)
The Cameraman (1928)

Vamos falar de corrupção?

Não faltaram notícias sobre corrupção nesta quinzena, especialmente nos seguintes países: Nigéria, Quênia, África do Sul, Romênia, Paquis...