Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Doze Anos de Escravidão

Não perdi meu tempo vendo a cerimônia do Oscar neste fim de semana, mas minha primeira impressão quando soube dos resultados foi: “Até que enfim venceu um filme que preste”.  É que considero o Oscar uma premiação política e comercial, sem valor artístico ou cinematográfico.  Muitos teleguiados pela mídia poderão discordar, mas quando a gente vê “Guerra ao Terror” (The Hurt Locker, Kathryn Bigelow, 2008) ganhar de “Avatar” (James Cameron, 2009), como foi em 2010, além de outros tantos exemplos, a gente percebe o viés, a tendência ideológica a serviço do imperialismo e do colonialismo ianque. Vi apenas alguns dos filmes que concorreram, incluindo os estrangeiros, mas acho que “Doze Anos de Escravidão” (12 Years A Slave, 2013), do Steve McQueen, mereceu o prêmio, inclusive por resgatar um tema interessante e que dividiu os americanos no século 19.   Este diretor, assim como Chiwetel Ejiofor que fez o papel de Solomon Northup, é inglês e negro. Dirigiu também os ótimos “Fome” (Hunger, 2…